Concurso Gay Elege o “Jesus Cristo” Mais Sensual na Páscoa nos EUA

blasfemia

No próximo domingo, 8 de abril, será realizado em São Francisco, nos Estados Unidos, mais uma edição do Hunky Jesus Contest (Concurso do Jesus Sensual).

O concurso escolhe a imitação mais sensual de Jesus Cristo. O evento é organizado há 33 anos pelo grupo gay “The Sisters of Perpetual Indulgence” (As Irmãs do Vício Perpétuo).

Os militantes da organização gay se vestem de freiras e apresentam os gays que melhor representem um Jesus sensual ou debochado. Os homossexuais sobem ao palco quase sem roupa e com alguns adereços, como cruzes e coroas de espinhos.

Para ver a atuação das “Irmãs do Vício Perpétuo”, assista a parte final do seguinte vídeo, onde o filósofo Olavo de Carvalho fala das “freiras” gays: http://www.youtube.com/watch?v=7vvdpiQDQLI

O Concurso do “Jesus Sensual” é realizado todo domingo de Páscoa no Parque Dolores de San Francisco, considerada a capital gay dos EUA, e chega a reunir 5 mil espectadores.

Esse concurso simboliza o desprezo que muitos militantes homossexuais têm de Deus e do Cristianismo”, declarou Peter LaBarbera, presidente de uma associação que luta pela preservação da família americana.

Fonte: JulioSevero

Cidade Proíbe Bíblia Durante Festival Gay

Festival

Por uma década, Brian Johnson tem entregado Bíblias pacificamente durante o Festival de Orgulho Gay Twin Cities em Minneapolis, mas se ele tentar de novo esse ano, ele teme que possa ser preso.

Através de hábil disputa legal, os organizadores do Festival Orgulho Twin Cities, evento gay anual celebrando a homossexualidade, convenceram a prefeitura de Minneapolis a permitir que eles exilassem qualquer pessoa que tentasse distribuir Bíblias ou comunicar mensagens não aprovadas no evento, obrigando-a a permanecer na “zona livre”, longe do evento gay.

Agora Johnson está entrando com um processo federal contra a prefeitura, alegando que ela não pode proibir os direitos de liberdade de expressão da Primeira Emenda a um quarteirão de 10’ x 10’ de terra batida, especialmente durante um grande evento público no qual os organizadores tem uma permissão não exclusiva de uso do parque.

A prefeitura não deveria estar exilando a liberdade de expressão, deveria estar protegendo-a”, disse Nate Kellum, um advogado do Fundo de Aliança de Defesa (ADF), que está auxiliando Johnson. “É ridículo dizer que o único lugar onde uma pessoa pode entregar uma Bíblia é em uma área onde não há ninguém para se entregar uma Bíblia. A Constituição simplesmente não permite que a prefeitura relegue a liberdade de expressão a regiões isoladas onde ninguém pode receber a mensagem. Isso não é liberdade de expressão nenhuma. É pura censura”.

Johnson começou a frequentar o Festival de Orgulho Gay em 1995, oferecendo Bíblias gratuitamente e conversando sobre o amor de Jesus Cristo e a salvação, mas nunca, ele diz, usou uma mensagem de confrontação ou condenação à homossexualidade.

Durante muitos anos, [eu tenho] me deparado com muitos indivíduos na comunidade GLBT que têm expressado desdém e desconfiança para com a religião instituída”, Johnson afirma nos documentos arquivados na Corte Distrital dos Estados Unidos de Minnesota, “e [eu quero que] esses indivíduos conheçam o verdadeiro Jesus”.

Em 1998, Johnson até começou a alugar um estande todos os anos no Festival de Orgulho Gay, para então ter um lugar central para distribuir Bíblias e sua mensagem da salvação de Deus para todos os pecadores, não importando quais pecados eles tivessem cometido.

O Festival do Orgulho Gay, um evento de dois dias que se reúne no Parque Loring, o maior da cidade, tem sido um acontecimento anual pelos últimos 30 anos e atrai mais de 200.000 pessoas com seus múltiplos palcos de eventos ao vivo e atmosfera de carnaval — um lugar perfeito, Johnson diz, “para alcançar tantas pessoas quanto possível com [a] mensagem das boas novas”.

Mas em 2009, o Orgulho Twin Cities negou a Johnson a solicitação para um estande e posteriormente confrontou-o e a sua família quando eles chegaram ao parque para distribuir Bíblias no meio da multidão. A polícia da cidade apareceu e prendeu Johnson por invasão de propriedade, apesar das acusações terem sido retiradas posteriormente.

O Orgulho Twin Cities então processou a prefeitura, buscando uma liminar e ordem de restrição contra a distribuição de Bíblias de Johnson.

De acordo com o informe da KARE-TV, advogados do Orgulho Twin Cities disseram que se a prefeitura permitisse Johnson no parque durante o festival, iria violar a decisão da Suprema Corte dos Estados Unidos que assegura que organizações privadas com uma permissão de uso de via pública para fins de expressão não pode ser forçada pelo governo a incluir um grupo cuja mensagem contradiz a do organizador [do evento].

Eileen Scallen, co-conselheira do Festival de Orgulho argumentou que a recusa da prefeitura parar Johnson seria “semelhante a permitir que a Klu Klux Klan  transmitisse suas visões racistas e anti-imigração no Festival Cinco de Maio”.

Mas Johnson alega que a analogia não é verdadeira para seu ministério.

Johnson não tinha interesse em participar — ou interferir — atividades do Festival de Orgulho”, seu processo alega. “Ele apenas queria expressar sua mensagem através da distribuição de Bíblias, uma mensagem distinta da do próprio festival. Johnson apenas queria entregar Bíblias e falar sobre Jesus”.

Além disso, seu caso declara, “Enquanto envolvido em conversas com indivíduos frequentadores do Festival de Orgulho, Johnson sempre fez um esforço consciente para evitar qualquer discussão sobre a decência ou não da homossexualidade. Ele não vai lá para condenar ninguém. Ele foca na realidade de que todas as pessoas pecam — seja com comportamento homossexual ou não — e portanto todas precisam de Jesus”.

Aparentemente, a Corte Distrital concordou com Johnson, pois recusou a ordem de restrição e decidiu não apenas que a prefeitura não violaria os direitos do festival ao permitir que Johnson distribuísse Bíblias, mas também garantiu que a liminar do Orgulho Twin Cities iria, na verdade, violar os direitos da Primeira Emenda de Johnson.

A Corte Distrital sugeriu em um comentário, porém, que o Orgulho Twin Cities poderia estabelecer “zonas de livre expressão”, uma sugestão que a organização prontamente aceitou.

Em maio de 2011, a prefeitura — sem consultar Johnson — resolveu o caso do Orgulho Twin Cities ao concordar em permitir duas concessões: Primeiro, os organizadores do evento poderiam restringir qualquer distribuição de literatura não autorizada a uma mesa de doação, sem ninguém nela, dentro do festival, e segundo, o Orgulho Twin Cities poderia estabelecer uma “zona de livre expressão” para estandes cuja mensagem foi rejeitada pelos organizadores do evento.

O Orgulho Twin Cities prontamente divulgou a “zona de livre expressão” como uma “zona distante do evento gay” e determinou seu lugar.

Mas de acordo com o caso de Johnson, a zona está “localizada longe de todas as rotas e caminhos de entrada do Parque Loring... Um estande fora do evento do Festival de Orgulho não permitiu que Johnson alcançasse sua audiência almejada (aqueles que frequentam o Festival de Orgulho) com sua mensagem através de Bíblias”.

Além disso, o caso argumenta, “A zona de entrega de materiais era igualmente inadequada, pois Johnson queria entregar as Bíblias ele mesmo, garantindo que os indivíduos interessados iriam receber as Bíblias (ao invés de serem destruídas ou jogadas fora) e que ele ficaria disponível para conversar com qualquer um que estivesse interessado em sua mensagem bíblica".

O resultado final da resolução, o caso de Johnson alega, é não apenas o banimento da distribuição de Bíblias do evento, mas também o exílio de qualquer um que falasse de Jesus.

O advogado ligado da ADF Stan Zahorsky está atuando como advogado local no caso, Johnson versus Prefeitura de Minneapolis, arquivado na Corte Distrital dos Estados Unidos para o Distrito de Minnesota.

O próximo Festival de Orgulho está agendado para 23 e 24 de junho de 2012.

Fonte: Idem

Superior Tribunal de Justiça Inocenta Molestador de Meninas

STF1

O Superior Tribunal de Justiça decidiu que um molestador de meninas que cometeu atos sexuais com três meninas de doze anos não é culpado de estupro porque “as vítimas estavam longe de serem inocentes”.

O caso, cujo número exato está sendo ocultado do público, provocou reações indignadas de autoridades de direitos humanos e organizações civis.

De acordo com o Superior Tribunal de Justiça, as três vítimas vinham tendo envolvimento com prostituição por algum tempo, e tinham pois capacidade de dar consentimento para os atos em questão. O veredicto sustentou a decisão de um tribunal de primeira instância que afirmou: “A prova trazida aos autos demonstra, fartamente, que as vítimas, à época dos fatos, lamentavelmente, já estavam longe de serem inocentes, ingênuas, inconscientes e desinformadas a respeito do sexo”.

Embora imoral e reprovável a conduta praticada pelo réu, não restaram configurados os tipos penais pelos quais foi denunciado”, acrescentou o tribunal.

O Superior Tribunal de Justiça concordou com o raciocínio do tribunal de primeira instância, acrescentando que “não se pode considerar crime fato que não tenha violado, verdadeiramente, o bem jurídico tutelado — a liberdade sexual —, haja vista constar dos autos que as menores já se prostituíam havia algum tempo”.

O tribunal também rejeitou a ideia de que há uma “presunção absoluta” de falta de consentimento por parte das meninas de doze anos.

Para a Terceira Seção do Superior Tribunal de Justiça (STJ), a presunção de violência no crime de estupro tem caráter relativo e pode ser afastada diante da realidade concreta”, informou o serviço noticioso do tribunal. A decisão se aplica à lei em vigor quando o abuso sexual ocorreu, em 2002.

Maria do Rosário Nunes, a ministra de direitos humanos do Brasil, reagiu com indigação à decisão, comentando que implica que “os direitos humanos de crianças e adolescentes podem ser relativizados”, e pediu que a Procuradoria-Geral da República entre com um recurso para anular a decisão.

Com essa sentença, um homem foi declarado inocente da acusação de estupro de três menias vulneráveis, que na prática significa impunidade para um dos crimes mais graves cometidos contra a sociedade brasileira,” disse ela num comunicado à imprensa.

Relativizar direitos das crianças e julgá-las de acordo com a origem social, se já estavam nas ruas, julgar uma criança que foi vítima de abuso sexual compreendendo-a como responsável pela violência que ela sofreu é sem dúvida um ato de perversidade que vai contra toda a legislação protetiva de direitos das crianças e dos adolescentes no Brasil”, também declarou ela.

A Associação Nacional dos Procuradores da República denunciou a decisão como uma afronta ao “ao princípio da proteção absoluta de crianças e adolescentes, garantido pela Constituição Federal, e indica uma tolerância dessa prática nefasta, em vez de desestimulá-la”.

Vamos deflagrar conjuntamente uma campanha envolvendo instituições públicas e organizações sociais para combater a exploração sexual de menores… Essa decisão [do STJ] trafega na contramão da necessidade de proteção da cidadania”, declarou também a ANPR.

A decisão chega num momento em que legisladores federais estão considerando uma reforma do código penal que reduzirá a idade de consentimento sexual na lei existente de 14 a 12 anos de idade. A mesma reforma reduzirá as penas para o infanticídio após o nascimento, e eliminará as penas para o aborto em vários casos.

Fonte: Idem

Manifestação Pró-Vida em frente do STF em Decisão sobre Abortos Eugênicos

0711-aborto

Manifestações da organização pró-vida Brasil Sem Aborto começaram fora do Supremo Tribunal Federal do Brasil enquanto se aproxima a data para uma decisão que permitirá abortos para bebês anencefálicos.

Os defensores dos bebês em gestação estão profundamente preocupados com o caso, que será decidido por ministros em grande parte nomeados por líderes do PT, que é pró-aborto. A votação final está marcada para 11 de abril.

Não vejo possibilidade de vitória para a vida na próxima votação”, o ativista pró-vida brasileiro Julio Severo disse para LifeSitenews.com, “não porque eu seja pessimista, mas porque um dos ministros já declarou que os que defendem o aborto de bebês deficientes de anencefalia terão uma grande vitória”.

Severo também comentou que todos os 11 ministros do STF foram nomeados por presidentes pró-aborto, e observou que “há amplas forças governamentais pressionando o avanço do aborto legal”.

O caso, que estava parado desde 2008, estará sob a relatoria de um ministro abertamente pró-aborto que declarou publicamente que ele considera o caso como um “gancho” para entrar num debate mais amplo sobre o aborto e a eutanásia como um “direito”.

Numa entrevista à revista Veja naquele ano, num gabinete cercado por imagens católicas sagradas, o ministro do STF Marco Aurélio Mello disse: “O tema anencefalia é um gancho para discutir situações mais abrangentes e fronteiriças”.

Em minha opinião, os casos de interrupção de gestação de anencéfalo e os de aborto de forma mais abrangente, quando a gravidez não é desejada, possuem um ponto importante em comum: o direito de a mulher decidir sobre a própria vida”, disse Mello, que acrescentou que “o princípio que está em jogo nessas situações é o do direito à liberdade”.

Bebês com anencefalia têm falta parcial ou completa da matéria cerebral superior, e nascem com uma grande abertura na parte de cima do crânio. Eles raramente sobrevivem mais do que uma semana após o nascimento, embora alguns tenham vivido por vários meses nessa situação.

Embora eles sejam muitas vezes considerados como tendo falta de atividade mental, o testemunho de pais de bebês anencefálicos muitas vezes contradiz essa percepção.

Marcela Ferreira viveu 20 meses fora do útero com anencefalia, de 2007 a 2008. Apesar da ausência da maior parte de sua matéria cerebral superior, ela chupava o polegar, chorava para sua mãe e reagia a outros membros da família. A conduta dela era tão contrária ao pensamento convencional sobre anencefalia que levou pelo menos um médico a negar que ela tivesse o problema, apesar de um diagnóstico de vários médicos.

Várias organizações pró-vida planejam iniciar uma vigília de oração às 18h de 10 de abril na Praça dos Três Poderes na frente do Supremo Tribunal Federal, que durará até que todos os ministros tenham votado no dia seguinte, de acordo com o serviço noticioso católico ACI Digital.

ACI Digital também informa que no mesmo dia, uma campanha pró-vida de Twitter será direcionada ao STF, cujo endereço é @STF_oficial, com as hashtags #anencefalo e #avidaporumfio.

Fonte: Idem

Michelle Duggar: Não Estamos nem Perto de uma Explosão Populacional

DUggar_family2-240x155Família Duggar

Michelle Duggar, estrela do reality TLC, é cruelmente criticada por ativistas ambientalistas por ter 19 filhos e contribuir para o que dizem é o problema de “explosão populacional” do mundo. Mas a fecunda mãe e estrela do reality show 19 Kids and Counting disse ao CBN News recentemente que crê que a explosão populacional “é uma mentira”.

O jornalista da rede de notícia cristã leu o email de um “amigo” que dizia:

Sempre quis perguntar para o casal Duggar que tipo de impacto ambiental esta família supergrande está tendo no mundo. A questão da explosão populacional pode ser um assunto polêmico, mas há muitas pessoas por aí que acham que a quantidade de filhos que essa família tem é demais, e mais do que a média de dois filhos por família.

Uau”, respondeu Michelle. “A ideia de explosão populacional não é acurada porque, na verdade, a população inteira do mundo, se cada pessoa ficasse lado a lado, poderia caber nos limites da cidade de Jacksonville”, continuou ela. “Não estamos nem perto de uma explosão populacional”.

Michelle disse que apesar do tamanho incomum de sua família, eles minimizam seu impacto ambiental comprando produtos usados e de segunda mão que estão destinados ao monte de sucata.

Mas no final das contas, abundância de bebês causa pouca preocupação. “Concordo com a Madre Teresa de Calcutá quando disse, ‘Dizer que há bebê demais é como dizer que há flores demais’”.

Michelle disse que ora por seus filhos, criando-os para ser uma força para o bem da sociedade. “Eles vão ir para o mundo e vão ser pessoas que vão fazer uma diferença”, disse ela. “E eles provavelmente vão estar pagando a previdência social e ajudando outros a longo prazo”.

Ironicamente, os especialistas dizem que uma população reduzida poderá ser a ameaça mais iminente para muitas nações, principalmente na Europa e no Ocidente desenvolvido. “Recebemos, em nossa casa, visitas de representantes de outros países nos pedindo o favor de comunicar ao seu povo que eles precisam ter mais filhos, pois seus índices de mortalidade estão superando seus índices de natalidade, e eles estão em crise”, Michelle disse para a CBN. “Eles não têm agora pessoas em idade de casamento para seus jovens”.

O Fundo de População das Nações Unidas estima que, nos próximos 20 anos, a Rússia perderá dez por cento de sua população que já está diminuindo.

Enquanto isso, os meios de comunicação da China noticiam que, devido ao aborto de seleção sexual, 20 milhões de homens não conseguirão encontrar esposas em 2020.

Penso que estamos sendo muito enganados quando cremos” na ideia de explosão populacional, disse Michelle.

Apesar da falta de provas, a “iminente ameaça de explosão populacional” continua a exercer um controle em autoridades de elevada posição dos Estados Unidos e do mundo inteiro. Uma reportagem noticiosa declara que, apesar das políticas que proíbem a promoção do aborto e da esterilização, a União Europeia pagou ilegalmente 30 milhões de dólares em verbas de impostos para fornecedores de aborto. Muitos desses gastos foram feitos no nome do “desenvolvimento”.

Se olharmos para o desenvolvimento econômico nos tão chamados países do terceiro mundo, vemos que muitas vezes o caso é o contrário: uma população crescente leva ao desenvolvimento econômico. Políticas de desenvolvimento têm de combater a pobreza, não os pobres”, Sophia Kuby, diretora executiva de European Dignity Watch, disse para LifeSiteNews.com.

Kuby disse que o financiamento do aborto no nome do progresso econômico é inspirado por “um pensamento malthusiano que diz: O mundo enfrentará uma explosão populacional insuportável e a prioridade mais elevada — uma prioridade que chega a pisar no direito mais fundamental à vida — é reduzir a população nos países em desenvolvimento”.

John Holdren, o ministro da Ciência do governo de Obama, se descrevia como “firmemente um neo-malthusiano” em seu livro de 1977 “Ecoscience”, que propunha limitar a população do mundo por meio de medidas drásticas, inclusive “aborto compulsório” para mulheres americanas, se necessário.

Michelle disse para a CBN que em vez de colocar toda a nossa atenção na questão da explosão populacional, “precisamos ter como foco amar as pessoas e tentar ajudar e fazer uma diferença para o bem no nosso mundo”.

Fonte: Idem

Nações Ex-Comunistas Expõem a ‘Fraude’ de Obama

Prague-340x170

A mídia das antigas nações comunistas está mais uma vez quebrando o silêncio em torno da elegibilidade do presidente Obama para seu mandato, muito embora a mídia americana se recuse a investigar o que está sendo chamado de “o maior escândalo da história americana”.

Primeiro foi o site russo Pravda.

Depois foi a Voz da Rússia, sucessora da Rádio Moscou, estação oficial da União Soviética.

E agora é o Neviditelný pes (O Cão Invisível) da República Tcheca, um site popular de Praga, que está soando o alarme.

Da mesma forma, o Pravda havia publicado um segundo editorial sobre o caso de autoria de Dianna Cotter, titular sênior da Universidade Militar Americana.

Pravda: “O maior escândalo da história americana

Conforme noticiado pelo  WND, Arpaio e seu Bando do Caso Arquivado (Cold Case Posse) anunciaram que há uma suspeita indicando que os documentos divulgados pela Casa Branca em abril passado como sendo a certidão de nascimento completa e a carteira de reservista originais de Obama são na verdade falsificações.

O Pravda desafiou a imprensa americana por sua deliberada omissão ao maior escândalo da história americana”, escreveu Cotter em um comentário ao Pravda em 29 de março. “No condado de Maricopa, Arizona, o xerife Joe Arpaio divulgou provas forenses convincentes de que Barack Obama, suposto presidente dos Estados Unidos, apresentou ao mundo em 27 de abril de 2011 uma certidão de nascimento forjada”.

Ela acrescenta, “Desde então, o escândalo só fez aumentar. Um ex-funcionário dos correios, Allen Hulton, apresentou recentemente um testemunho convincente, expresso sob juramento, que só pode levar a uma conclusão: Barack Obama fez faculdade nos Estados Unidos como um estudante estrangeiro”.

Cotter detalha os resultados de uma investigação feita pelo WND que revela que o funcionário de carreira aposentado dos correios alega que os pais de um ex-terrorista do grupo Weather Underground, Bill Ayers, financiaram os estudos de Obama em Harvard, e que a mãe de Ayers indicou que acreditava que Obama era um estudante estrangeiro.

Há poucas dúvidas de que o sr. Obama não foi honesto com relação à família Ayers e a importância deles para a sua vida. Por mais dissimulado que seja, não é de forma alguma a revelação mais importante”, escreveu Cotter. “Se isso for verdade, se Obama tiver sido apresentado a Hilton como um estudante estrangeiro, isso quer dizer que Barack Hussein Obama estaria usando um passaporte estrangeiro para provar seu status de estudante estrangeiro ao se matricular na Occidental College, em Columbia, e mais tarde na Universidade de Harvard. Como Hulton assinou um juramento, isso não pode ser descreditado como uma mera fofoca; é naturalmente uma prova".

Cotter também observou que a imprensa americana manteve silêncio em relação à carteira de reservista de Obama.

A mídia de massa americana abordou esse tema em algum contexto?” ela pergunta. “Pode se tratar do maior escândalo da história americana, certamente a crise constitucional mais significativa que o país enfrentou desde a Guerra Civil.

Não.

Eles não se importam…

Para ser totalmente clara, o poder e o apoio do governo federal dos Estados Unidos está sendo usado para silenciar a imprensa sobre Barack Obama. Seja voluntariamente ou sob coerção, a mídia é cúmplice no acobertamento dos crimes de fraude de Obama e seu governo inconstitucional. Esse cenário é claro e inequívoco”.

Referências: Idem

França: Chamar uma Mulher de 'Mademoiselle' é "Condescendente e Sexista"

bandeira-franca

Concílio francês aboliu a palavra 'Mademoiselle' de todos os documentos oficiais por este ser supostamente "condescendente e sexista".

O subúrbio parisiense Fontenay-sous-Bois afirmou que o termo 'Mademoiselle'- o equivalente francês para o inglês 'miss' - descrimina as mulheres ao lhes perguntar para revelar se são casadas ou não. De agora em diante, os homens e as mulheres apenas terão que colocar um visto nas zonas onde se é perguntado se são macho ou fêmea.

Oficiais da vila aproveitaram o embalo e baniram de todos os documentos também o termo 'nom de jeune fille' (nome de solteira) por alegarem que o mesmo é "arcaico" e possui "conotações com a virgindade" (???!). Em vez disso, às mulheres que alteraram os seus apelidos apenas lhes será perguntado o "nome de nascimento".

Um porta-voz do concílio afirmou:

Não há qualquer tipo de motivo válido que obrigue as mulheres a revelar o seu estado civil enquanto os homens não tenham que fazer o mesmo. Isto é antiquado e injusto.

Outra localização (Cesson-Sevigne) baniu também o termo 'mademoiselle' devido a pressões provenientes de grupos femininos locais (feministas).

Fonte: OMarxismoCultural

Homem passa 9 Anos na Prisão Depois da Filha Mentir Sobre Ter Sido Violada por Ele

hallway

No ano de 2001, uma filha descontente - chateada pelo facto dos país se terem separado e zangada com o pai - afirmou à Washington State Police que o seu pai a havia violado por diversas vezes quando ela tinha 11 anos.

O pai, Thomas Edward Kennedy (hoje com 43 anos), negou as alegações, mas foi considerado culpado pelo júri de Washington e sentenciado a mais de 15 anos de prisão.

Hoje, com 23 anos, a filha - Cassandra Ann Kennedy - retratou a sua alegação de violação depois do pai ter passado mais de 9 anos atrás das grades.

A tdn.com em Washington revela:

Ela inventou tudo. Portanto, depois de estar mais de 9 anos na prisão, o seu pai foi liberto e as acusações contra ele retiradas.

Em Janeiro deste ano, a filha disse o seguinte à polícia:

Fiz uma coisa horrível . . . Não está certo alguém passar tempo neste lugar horrível por algo que não se fez.

Não é correto.

Fonte: Idem

Judeus Anti-Israel Atacados por Muçulmanos Enquanto se Manifestavam a Favor Deles

images

Série de comícios e demonstrações que deveriam ocorrer no mundo árabe, e que supostamente atrairiam cerca de 2 milhões de participantes em favor da suposta "Marcha Global para Jerusalém, foi um fracasso total na medida em que a "Marcha Global" resumiu-se a demonstrações localizadas pela Jordânia, Síria, e Líbano”.

Embora as zonas fronteiriças do Norte e do Este de Israel tivessem sido áreas pacíficas, e os comícios tivessem sido em larga escala tranquilos, verificarem-se atos violentos no evento que se realizou na Jordânia. Os órgãos de comunicação locais reportaram que 4 rabinos americanos, membros do grupo radical anti-zionista Karta, foram verbalmente atacados por participantes locais logo no início do evento. Eles foram entretanto ajudados por outros participantes.

Fonte: PerigoIslâmico

Jackson 5 se Reúnem para Nova Turnê, Mesmo sem Michael JacksonThe Jackson 5-300x283

O extinto grupo Jackson 5, que revelou o Rei do Pop Michael Jackson, voltará a se reunir depois de décadas para uma turnê, que rodará os EUA no meio do ano. O primeiro show está marcado para o dia 18 de junho, em Louisville. As apresentações vão até 29 de julho.

Essa será a primeira vez que Jackie, Jermaine, Marlon e Tito cantarão juntos desde 1984. Com a morte de Michael em 2009, eles se chamarão apenas The Jacksons. A turnê, intitulada “Unity”, contará com os sucessos “I Want You Back” e “I’ll Be There”.

Por meio de um comunicado enviado à imprensa, os irmãos se mostraram muito felizes com o reencontro musical. “Mal posso esperar para cantar todas essas músicas que fizeram parte das nossas vidas. Estamos prontos e decididos a manter o legado da família vivo e voltar aos palcos com o mais alto nível de excelência, criatividade e, acima de tudo, integridade”, disse Jermaine Jackson.

Fonte: Popline

"Rihanna está se Rebelando", Afirma The New York Postrihanna-chris-brown-grammys-01

As parcerias com o ex-namorado Chris Brown em "Birthday Cake" e "Turn Up The Music (remix)", lançadas em fevereiro, ainda não foram digeridas por muita gente. De acordo com o The New York Post, a Roc Nation está extremamente preocupada com o comportamento da cantora.

"Seus empresários a proibiram de gravar com Chris, mas ela disse que fará o que ela quiser. Ela está se rebelando. Ela diz que tem trabalhado muito e quer tempo para ela. Eles temem que secretamente eles gravem um álbum inteiro juntos apenas para desafiá-los", disse uma fonte ao jornal.

Ainda segundo o New York Post, em recente entrevista para a edição de maio da Elle Magazine, Rihanna falou sobre suas escolhas. "As pessoas perdem tempo falando mal e está tudo bem porque no dia seguinte eu ainda serei a mesma pessoa. Ainda vou fazer o que eu quiser". "Quando você ama um rapaz ou quando você está apaixonada, o sentimento é o mesmo de nadar com os tubarões. É o mesmo sentimento quando você está fazendo algo arriscado, espontâneo ou imprevisível. Eu acho que ter essas borboletas no estômago é o mais próximo de estar apaixonada e quando você joga muito seguro, você não sente nada", teria dito à revista.

Fonte: Idem

Israel se Prepara para a Guerra e Distribui Máscaras de Gás

mascaras-gas-israel-227x155

Com os crescentes rumores de guerra, Israel prevê a necessidade de suprir todos os seus moradores com máscaras de gás. O Comando da Retaguarda do Exército está oferecendo os chamados “kits de proteção atômico-biológico-químico”, que poderão salvar vidas em meio ao conflito.

Uma convocação foi enviada pelo correio para mais de 7,5 milhões de israelenses, pedindo que os habitantes dirijam-se a um centro de distribuição, onde poderão retirar o equipamento gratuitamente.

O governo diz que mais de 4 milhões já retiraram o kit. Na verdade, trata-se da terceira vez que Israel distribui essas máscaras. A primeira vez foi em 1990, na véspera da Guerra do Golfo. A segunda ocasião foi em 2003, antes da invasão do Iraque pelos Estados Unidos.

Nos últimos meses foram gastos milhões de dólares enquanto cresce o temor que haja uma guerra declara contra o Irã ou os palestinos do Hamas, que controlam a Faixa de Gaza.

Mesmo com intervenção internacional, o desejo de Israel em destruir as “instalações nucleares iranianas” geraria um contra-ataque imediato. No final do mês passado, foram instaladas baterias antimísseis nos arredores da capital Tel-Aviv. As duas fábricas de Israel que fabricam os kits de proteção dizem estar operando na capacidade máxima para suprir a demanda.

O presidente da Subcomissão para a Prontidão Doméstica, Zeev Bielski, afirmou que o “Ministério da Fazenda deve liberar mais recursos, pois aproximadamente 40% da população ainda não têm máscaras de gás”.

O que chamou atenção da comunidade mundial foi o fato de os diplomatas estrangeiros que vivem em Israel terem recebido do Ministério das Relações Exteriores o kit para os funcionários das embaixadas e seus familiares. Além disso, receberam uma lista com os endereços de abrigos antiaéreos públicos espalhados pelo país.

Os funcionários diplomáticos dizem estar particularmente preocupados com a possibilidade de uma ofensiva de mísseis sobre o Estado judeu. Isso levaria milhares de cidadãos israelenses com passaportes estrangeiros a procurarem a evacuação do país.

Um diplomata europeu disse que a União Europeia não tem os meios para realizar uma operação de evacuação em massa dentro de um curto espaço de tempo.

Fonte: PortalPadom

Crianças Arriscam Suas Vidas para Fugir da Coreia do Norte

crianças-coreana

De acordo com um comunicado da China, um menino de 13 anos de idade, da Coreia do Norte foi recentemente encontrado escondido nas montanhas que tem temperaturas congelantes. O menino conseguiu escapar de seu país cruzando a fronteira.

Lamentavelmente o menino teve que ter seus pés amputados, devido ao congelamento grave que sofreu, mas agora esta em um lugar seguro.

Segundo a organização, que apoia os cristãos perseguidos em todo o mundo, as autoridades chinesas estão intensificando seus esforços de repatriar os seus desertores, incluindo as crianças. Como resultado, muitos deles se escondem em vez de enfrentar a possibilidade de serem devolvidos para a Coreia do Norte.

A segurança foi reforçada ao longo da fronteira entre a Coreia e a China desde a morte de Kim Jong II, com isso os riscos dos norte-coreanos que tentam fugir de seu país têm aumentado drasticamente.

Nossa preocupação é que as autoridades chinesas e da Coreia do Norte, estejam trabalhando juntos para tentar erradicar as redes que fornecem apoio aos refugiados que fogem da China.”, disse Andy Dipper, diretor executivo da Release International.

Tememos que vá redobrar os seus esforços a partir do dia 15 de abril, que é o 100º aniversário de nascimento de Kim II Sung. Juntamente com muitos outros, fazemos um chamado a China para que abandone sua política cruel de deportação de pessoas e crianças que são verdadeiros refugiados.”

Uma petição assinada por 52.000 pessoas foi recentemente apresentada pela organização para a embaixada da Coreia do Norte em Londres, onde se apela ao novo líder Kim Jong-un para que pare com a perseguição contra os cristãos.

Por causa de sua fé, os cristãos são detidos nos campos, brutalmente torturado e afastados da sociedade, disse Dipper, notando que muitos são forçados a fugir do seu país para evitar a terrível perseguição e opressão”.

Fonte: Idem

Pastor Youcef Nadarkhani Comemora Aniversário com Filho

youcef-e-filhos-150x150

O Centro Americano para Lei e Justiça (ACLJ), informou nesta segunda-feira que o pastor Youcef Nadarkhani, embora continue preso no Irã, foi capaz de ver seu filho no dia do aniversário do menino.

O filho de Nadarkhani  foi capaz de visitar seu pai na prisão no dia 2 de abril. Servindo também como um presente de aniversario antecipado ao pastor, que na próxima semana estará completando 35 anos. Desde que foi preso ilegalmente, Youcef foi permitido ver os seus filhos algumas poucas vezes.

Não só isso significa que o pastor Youcef ainda está vivo, mas é um lembrete precioso de que estamos lutando – pela  liberdade de um pai amoroso, um marido dedicado, um pastor, carinhoso e um devoto seguidor de Cristo”, comentou o ACLJ em um comunicado de imprensa.

A Companha no Tweet para Youcef continua a crescer, atingindo agora mais de 1,4 milhões de contas no Twitter a cada dia. História Pastor Youcef tem agora chegado a mais 206 países e territórios em todo o mundo, incluindo mais de 91 por cento das Nações Unidas Estados-Membros.

Fonte: Idem

Algumas Imagens Simbólicas

Img1Este photoshoot perturbador da revista Interview apresenta uma "enfermeira" sádica torturando uma paciente confusa. Há um demonstração evidente de um manipulador mental em relação a vítima descrita aqui

img2Vítimas amarradas e amordaçadas são os tipos de porcarias que manipuladores MK fazem com seus escravos. Observe o olhar sem emoção no rosto da condutora - muitos manipuladores MK são assim

img3Outra cena de tortura perturbadora. Costumamos nos perguntar... isso é moda? Sério?

img4A vítima parece estar preparada para o abuso sexual. Esta é outra "ferramenta" usada para os escravos de programas de controle da mente

img5Eu diria que ela está traumatizada

img6A capa do novo álbum de Nicki Minaj coloca ênfase no todo-importante símbolo do um olho

img7Justin Bieber esconde um olho com um pedaço de carne. Maneira interessante de mostrar quem está no comando de sua carreira

img8Ele também recebe um soco por um rapaz desconhecido. Enquanto alguns podem achar essa foto a coisa mais gratificante que já viram, ele está indo com esta nova tendência de mostrar pessoas sendo violentamente agredidas em photoshoots. Para conhecer um pouco dos simbolismo de sua carreira, veja aqui um artigo sobre isso

Referências: VigilantCitizen

Obs.: O 'Noticias da Semana' e o ‘Algumas Imagens Simbólicas’ constantemente tem ajuda dos leitores, caso queira ajudar com assuntos que ache importantes  que ocorreram até a data da postagem e imagens que julgue simbólicas, mande para o e-mail: grupomidiailluminati@hotmail durante a semana (colocando como o assunto alguns dos dois títulos do tema que esteja querendo ajudar), que os links serão guardados e analisados para serem postados.

Veja também: Noticias da Semana (31/03)

Noticias da Semana (24/03)

Noticias da Semana (17/03)

Noticias da Semana (10/03)

O Projeto Super-Homem - Parte 3

Lindsay Lohan - Um Próximo Sacrifício Illuminati?

Postar um comentário

  1. Bom, eu quero comentar a parte "explosão populacional"...Eu discordo dessa família, eu acho que filhos podem ser previnidos, sim. Eu acredito que para se ter uma família não é necessário uma renca de filhos. Acho que o bom senso deveria prevalecer.
    Sou contra o aborto mas, também acho que o crescimento populacional desordenado causa muitos problemas de ordem social e econômica. Acho que o ser humano é tão digno de vida quanto, os animais ; mas o ser humano se acha superior e vai invadindo o território dos animais desmatando para construir casas, destruindo para consumir.
    É questão de pensar, 7 bilhões de pessoas, é muita gente, muita gente sem as condições mais básicas de vida, como água potável, saúde e comida, gente que não tem educação, perspectivas...Continuar incentivando o crescimento populacional me parece burrice, porque não há recursos suficientes para todas as pessoas e porque, estaremos destruindo a natureza cada vez mais, para manter nosso estilo de vida moderno e prático.
    Deus nos deu cerébro para pensarmos, então pensemos, na época biblíca, lógico era necessário que houvesse esse crescimento populacional até para que o próprio evangelho sobrevivesse e se perpetuasse. Hoje, a história é bem diferente...Sou contra o aborto, mas a favor do casamento e metódos anticonceptivos.


    Eu não sabia que havia um concurso para o "Jesus mais sexy". É assim que nosso mestre e intercessor deve ser tratado?
    Bem se vê quem está por trás da agenda dos movimentos homossexuais...Sempre com intenção de atacar a fé das pessoas. Por quê tanto ódio?

    ResponderExcluir
  2. nossa... sobre a pascoa gay eu to chocada... Os planos deles estão dando certo sim... e tem gente que não acredita... :o

    ResponderExcluir
  3. Gente, eu não acreditei quando eu vi que as primeiras fotos do "imagens simbólicas" eram de moda. Aquela da menina tá até bonitinha, mas essas estão fora dos limites! #tensobagaray

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.