Jogos Olímpicos de Inverno de 2002 — Grande Exposição de Simbolismos Ocultistas

saltLakeLogo


De tempos em tempos vários acontecimentos mundiais tem sido a maneira com que os ocultistas tem exposto seus simbolismos e condicionado o resto da população para a banalização e o costume com tamanhos rituais e simbologias usadas em apresentações. Os jogos olímpicos há tempos vem sendo usado com esse propósito, em alguns artigos desse blog como: Londres 2012 – O Simbolismo da Tocha Olímpica e Olimpíadas 2008 : Mega Ritual para 2012? vemos que os simbolismos ficaram cada vez mais presentes e explícitos. Nos Jogos Olímpicos de Inverno de 2002, isso não foi muito diferente:


Resumo da Notícia: "O Caldeirão dos Jogos Olímpicos de Inverno É Revelado: A Estruturas de Aço e Vidro Ecoa o Tema de 2002: 'Acenda a Luz Interior":


"Há muito tempo servindo como um dos mais conhecidos símbolos dos Jogos, a pira olímpica foi revelada no Estádio Olímpico de Rice-Eccles. A estrutura de 36 metros é feita de aço e vidro e pesa 18 toneladas. O projeto da pira centra-se na chama olímpica e ecoa o tema de Salt Lake 2002: 'Acenda o Fogo Interior'. A estrutura de aço eleva-se a 130 pés (40 metros) e está cercada de vidros azulados em formato triangular que representam o gelo. A pira tem no alto um prato que exibirá a chama de 2002... A chama de sete metros poderá ser vista em todo o vale e lembrará a todos do espírito dos atletas na competição. O projeto representa a identidade visual do fogo e gelo dos jogos... O vidro gélido do caldeirão sobe em espiral para encontrar-se com o fogo vermelho da chama olímpica. O projeto final da pira foi escolhido com base em sua representação elegante do tema dos jogos, Acenda a Chama Interior... Seu poderoso uso das formas angulares do emblema de cristal do Comitê Organizador de Salt Lake, e sua habilidade de unir o conceito do fogo e do gelo da filosofia geral para nosso projeto foram elementos fundamentais." - http://www.olympics.com/x/f/frame.htm?u=/news/683947.asp

 

1. O tema das Olimpíadas é "Acenda o Fogo Interior" — Na doutrina da Nova Era, todas as pessoas possuem um "deus" potencial em seu interior, tornando todos, dessa forma, "deuses" se apenas pudermos "elevar nossos níveis de consciência" ao ponto em que aceitemos o Cristo. As pessoas que elevaram com sucesso seus níveis de consciência — que acenderam o fogo interior — são chamadas de "receptores apropriados para o Cristo" [Bill Lambert, diretor da Casa de Teosofia da Nova Inglaterra, em seminário ministrado em 18/8/91]

 

Portanto, o tema da Olimpíada de Inverno de 2002 é que a humanidade precisa elevar seu nível de consciência espiritual até o ponto em que aceite o Cristo da Nova Era quando ele aparecer. Cada pessoa na Terra precisa elevar seu nível de consciência espiritual ao ponto em que seja transformada de "cubo de gelo" espiritual para "fogo interior" espiritual.

fireworks


2. A estrutura de aço que sustenta a pira eleva-se a 130 pés (40 metros) e é feita de "vidros azulados que representam o gelo". Considero bastante interessante que o "13" seja o número ocultista da rebelião espiritual e da depravação, e que esse caldeirão tenha 10x13 pés de altura. Dez é o número ocultista que representa o homem aperfeiçoado, a pessoa que aperfeiçoou-se por meio do ritual e da meditação e até mesmo em vidas anteriores no ciclo de reencarnação. O caldeirão é muito importante pois é o recipiente no qual o bruxo ou feiticeiro prepara suas poções para o ritual; o caldeirão é passivo até que o fogo seja colocado em seu interior, e então torna-se um agente ativo no qual os diversos ingredientes da poção interagem com o calor para preparar precisamente a poção correta.


O caldeirão também é um símbolo do órgão sexual feminino, enquanto a chama fálica eleva-se sobre ele. Assim, o conceito pagão do "nascimento da Nova Ordem Mundial" está completamente representado. Além disso, o formato do caldeirão olímpico é circular. Na doutrina pagã, o círculo "simboliza o espírito, descreve o próprio cosmos — tudo o que é espiritual, tudo o que está contido no próprio reino dos céus". [Frederick Goodman, Magic Symbols, pág. 17; Nota: Este é um livro de Magia Negra].


Portanto, o formato circular do caldeirão simboliza "o espírito, o próprio cosmos". Agora você sabe por que ele tem 130 pés (40 metros) de altura, com sua espiral simbolicamente tocando os céus.


Agora, veja uma explicação ocultista para a forma "vertical", simbolizada pela chama vertical. "A vertical [também] simboliza o espírito, descreve o movimento de cima para baixo — ou seja, do Céu para a Terra, ou do Céu para o Inferno." [Ibidem] A literatura da Nova Era afirma que, no momento certo da história mundial, quando a humanidade estiver coletivamente pronta para aceitá-lo, o Cristo da Nova Era enviará a iluminação espiritual dos Mestres do Logos, que estão em algum lugar nas Plêiades. O fogo representa essa iluminação espiritual luciferiana.


Portanto, o caldeirão com a chama de sete metros contém o simbolismo tanto do círculo quanto da vertical. Literalmente, esse simbolismo aponta para o momento em que os Mestres do Logos virão à Terra com a Sabedoria dos Séculos, iluminando toda a humanidade com o "fogo interior" espiritual. O maior Instrutor Mundial então surgirá, para completar a transformação espiritual dos habitantes da Mãe-Terra.


3. A identidade visual oficial dos Jogos Olímpicos é "de fogo e gelo". Esse é o conceito pagão do mundo criado, formado pelos quatro elementos básicos: fogo, água, terra e ar.

Triangle_Water_Fire


4. "O vidro gélido do caldeirão sobe em espiral para encontrar-se com o fogo vermelho da chama olímpica." Já que o "gelo" é na verdade água, o simbolismo aqui é do encontro do fogo com a água. Na doutrina ocultista, o fogo é representado pela pirâmide em pé, enquanto a água é representada pela pirâmide invertida. Alguém poderia pensar que o fogo e a água são tão opostos que nunca poderiam se combinar; afinal de contas, a água é usada para extinguir o fogo. Ou, o fogo pode transformar a água em vapor.


No entanto, a doutrina ocultista sustenta que, sob certas circunstâncias, o fogo e a água podem se combinar magicamente! Veja a explicação de Goodman:


"Imaginemos que, ao invés de explodirem num vapor superaquecido, os dois sejam unificados pelo poder harmonizador curativo da Quinta-Essência e fundam-se em harmonia... Eles formam o símbolo mágico que por séculos foi chamado de Selo de Salomão. Notamos que, nesse selo, podemos encontrar também as formas simbólicas do ar e da terra, que nascem (por assim dizer) da união do fogo com a água." [Ibidem, págs. 78-79].

Seal_Solomon_Conjure_Demons


É claro, o Selo de Salomão não é nada mais do que a nociva estrela de seis pontas, um dos mais poderosos e malignos de todos os símbolos.


Observe essa crença ocultista que, quando o fogo e a água formam a estrela de seis pontas, as formas triangulares do ar e da terra são criadas. Assim, quando o fogo e a água combinam-se magicamente, formam os outros dois elementos dos quais este mundo é formado: o ar e a terra. Portanto, um "novo céu e uma nova terra" são formados magicamente! De fato, esse é o plano da Nova Era para produzir o reino do Anticristo. Falando sobre esse fato, Alice Bailey diz: "Um novo céu e uma nova terra estão a caminho" [The Reappearance of the Christ, pág. 149].


Assim, quando o fogo e a água encontram-se nos Jogos Olímpicos por meio do caldeirão, estão simbólica e magicamente — se unindo para formar a estrela de seis pontas, que por sua vez forma o "novo céu e a nova terra" do Cristo da Nova Era! Lembre-se, um "verdadeiro símbolo mágico é uma imagem que esconde um significado interior. Esse significado é geralmente escondido com perspicácia atrás de uma forma que a maioria das pessoas acredita poder compreender imediatamente." [Goodman, pág. 6] A pira olímpica é, portanto, um símbolo "mágico". [Nota: A gravura da pira, a seguir, é das Olimpíadas de Sidney, em 2000.].

Pira_Sidney_2000

 

Goodman continua explicando todo o significado ocultista dessa união do fogo com a água, simbolizado pela estrela de seis pontas — o Selo de Salomão.

"Magicamente falando, o Três (o triângulo) foi transformado primeiro em Quatro (os elementos) e depois em um Seis (as seis pontas do Selo de Salomão). No entanto, em circunstâncias normais, o fogo e a água não se misturariam, e devemos, dessa forma, pressupor a presença do quinto elemento unificador, a Quinta-Essência, bem no centro da figura. Alguns diagramas mágicos até mesmo representam a idéia dessa quintessência central indicando-a com um ponto, ou um ponto dentro de um círculo, ou um Tau. Outros diagramas escolhem o espaço interno da estrela de seis pontas e tomam isso como um símbolo da força vital toda-poderosa da Quinta-Essência." [Ibidem, pág. 79].

Assim sendo, muito embora ninguém realmente veja uma estrela de seis pontas, o Selo de Salomão, presente nas Olimpíadas, todos os ocultistas do mundo saberão que ele foi criado pela união mágica do fogo com a água (o gelo). O reino do Anticristo — a Nova Ordem Mundial — foi, então, magicamente simbolizado.


A Cerimônia de Abertura — Intenso Simbolismo Satânico

 

A cerimônia de abertura foi uma experiência emocionante para a maioria dos participantes e dos telespectadores. O rinque de patinação estava repleto de inúmeras figuras vestidas com roupas que eram ventiladas por uma corrente de ar, dando a aparência de figuras fantasmagóricas. Havia uma criança que patinava pela cena e que foi acompanhada pela narração: "Agora entra o filho da luz". A criança segurava uma lanterna e depois encontrava-se com outra pessoa vestida de vermelho, que carregava uma lanterna vermelha, simbolizando o "Fogo Interior".


Perto do fim, todo o rinque de patinação ficou repleto de filhos da luz, carregando lanternas. Todos pareciam surgir ao mesmo tempo. A narração dizia: "Agora aqui estão todos os filhos da luz".


Já identificamos o significado do "Fogo Interior" como a crença ocultista que cada pessoa possua um deus interior e que precisa apenas "elevar seu nível de consciência" para perceber sua própria divindade. Quando o Anticristo aparecer como o instrutor mundial, seu objetivo mais importante será elevar o nível de consciência de todos no planeta por meio de um "Salto Quantitativo" produzido pela sua presença e pela sua força ocultista extremamente poderosa.


O termo "filhos da luz" é um pouco mais complexo, porém absolutamente compreensível uma vez que se conheça a crença ocultista. Para entendermos o que são os "filhos da luz", vejamos o que diz a autora da Nova Era, Dr. Shirley McCune, em seu livro The Light Shall Set You Free [A Luz Vos Libertará], de 1996.


"Os Filhos da Luz retornaram à Terra e estão se preparando para as quatro batalhas finais, pois as três primeiras já foram vencidas pelos filhos da escuridão... Há um sentimento de crescente decadência — econômica, espiritual, física e social. Em resumo, chegamos ao abismo, o momento mais profundo do desespero da humanidade... os Mestres podem ver nosso futuro e esse período testará, por fim, todas as almas na Terra, forçando-as a escolher a Luz ou a escuridão. Em última análise, essa é uma batalha pelas nossas almas. É um momento de julgamento... Quem são esses filhos da Luz que supostamente vieram à Terra para lutar nas batalhas finais? Eles já estão aqui? Qual é a aparência deles? À primeira vista, todos os humanos parecem iguais... Então, se todos parecem iguais, onde estão essas pessoas?" [pág. 42].


Conforme li essa descrição dos "filhos da luz" que "retornaram à Terra" para lutar na batalha final e culminante pelas almas dos homens, pude apenas pensar em Ruth Montgomery e nos "portadores" de que seus espíritos-guia lhe falaram.


O reinado do Anticristo — a Nova Ordem Mundial — também é conhecido como a Era de Aquário. Portanto, a designação dos filhos da luz positivamente identifica a Olimpíada de Inverno de 2002 como uma promotora do reino do Anticristo, a Era de Aquário.


De Volta à Cerimônia de Abertura

 

No início do programa, apenas um "filho da luz" estava presente, carregando uma lanterna e patinando para lá e para cá no rinque de patinação. Então, repentinamente, ele se encontra com outra pessoa, vestida de vermelho, que carrega uma lanterna que emite uma luz vermelha. Essa pessoa foi identificada como o "fogo interior". Ela acompanha o único filho da luz no rinque escurecido por alguns instantes, para simbolizar sua busca pela luz espiritual. Subitamente, no fim, seus esforços se justificam, já que muitos, muitos filhos da luz aparecem de repente, todos carregando lanternas que emitem uma luz branca.


Você consegue ver o simbolismo? O mundo trabalhou arduamente e por muito tempo com poucos filhos da luz vivendo entre os povos do planeta. Entretanto, em um dos momentos mais importantes da história mundial, um único filho da luz encontra-se com o Mestre da constelação das Plêiades, que trabalha com ele para descobrir o "fogo interior" e espalhar esse fogo. Subitamente, o mundo fica repleto de filhos da luz.


Acreditamos que o simples fato de um simbolismo grosseiro de Magia Negra do Anticristo ser tão claramente exibido na Olimpíada de Inverno de 2002 é outra indicação que o aparecimento do Anticristo está muito próximo.

 

Referências: Espadaeti


Veja também: Osama Bin Laden - Foto da Morte é Falsa

A Neutralidade Intelectual Cristã

O Simbolismo no 'Billboard Music Awards 2011'

Judas e a Era de Hórus

O Maníaco e o Controle Mental - Girlicious

Natalia Kills – 'Zombie' e 'Wonderland' e o Controle Mental Illuminati

A Numerologia Oculta de 2012 e do 11:11

Belinda – Egoísta e a Programação Monarca